O ciúme nasce sempre com o amor, mas nem sempre morre com ele.



<< Voltar à página inicial