Dizem por aí que não existe o ‘para sempre’, contudo prefiro ignorar isso, e amar-te eternamente!



<< Voltar à página inicial