Tô tão carente que o churrasqueiro chegou e disse: “- Coração?!” E eu respondi: “- Que foi, amor?!



<< Voltar à página inicial